BLOG

O que é o Low Poo?

A transição….

A utilização de champôs sem derivados de petróleo e sem sulfatos, respeitando as orientações que aqui expomos, é conhecida por Técnica Low Poo.

Pode existir um período de transição quando se passa de um champô convencional (com derivados de petróleo e sulfatos) para um champô mais natural sem estes ingredientes (como por exemplo, o champô unicórnio da Real Natura), no qual pode sentir o cabelo oleoso, seco ou pesado, como se tivesse resíduos no cabelo. É necessário ter paciência, seguir algumas orientações e assim que o seu cabelo se ajustar, irá sentir o mesmo macio, leve, limpo e maravilhoso.

Os praticantes da Técnica Low Poo podem intercalar a limpeza do cabelo com champô para Low Poo com a limpeza pelo método Co-Wash.

– Orientações para a transição –

A última lavagem com champô convencional:

  • Antes de iniciar a utilização do seu novo champô, deverá fazer uma última higienização do seu cabelo e de todos os objetos usados no cabelo (escovas, pentes, elásticos e fronhas) com um champô com sulfatos*1 mas sem derivados de petróleo*2, de forma a eliminar possíveis resíduos acumulados no cabelo e nestes objetos, permitindo que seja possível dar seguimento à higienização regular com o seu novo champô.
  • A partir do momento em que faz a última lavagem com o champô convencional com sulfatos mas sem derivados de petróleo, deve garantir que não aplica, no seu dia-a-dia, qualquer produto (amaciador, máscara, creme de pentear, etc.) com derivados de petróleo no cabelo, pois os champôs mais naturais, (sem sulfatos), não vão ser capazes de remover os derivados de petróleo, resultando na sua acumulação e gerando a tal sensação de existência de resíduos no cabelo. Não se preocupe em decorar os nomes destes ingredientes, no entanto é interessante ter os mesmos no seu telemóvel ou impressos numa folha para consultar quando efetuar compras de produtos para o seu cabelo. Existem no mercado produtos livres destes ingredientes, pelo que sugerimos que consulte os rótulos.

A cada lavagem com o seu novo champô :

  • Após cada lavagem do seu cabelo com o seu novo champô, enxague o seu cabelo muito bem para remover todo o champô.
  • Caso o seu champô natural seja uma barra produzida pelo processo de saponificação (com pH elevado), use um amaciador caseiro de vinagre de sidra (uma parte de vinagre em quatro partes de água). Deixe atuar cerca de dois minutos e passe por água. Este amaciador equilibra o pH do cabelo, ajuda a desembaraçar, deixando o cabelo macio e brilhante.
  • Escove suavemente o cabelo, pelo menos duas vezes por dia, do couro cabeludo até as pontas para ajudar a distribuir o óleo natural do seu cabelo.
  • Dê ao seu cabelo alguns dias entre as lavagens para permitir que ele se ajuste à transição.

Saiba mais….

  • Os sulfatos*1 presentes no champô convencional são os responsáveis pela grande quantidade de espuma que estes champôs são capazes de produzir e são agentes de limpeza agressivos, que lavam muito mais do que é realmente necessário, danificando e ressecando o cabelo progressivamente, removendo lípidos naturais do cabelo e do couro cabeludo, responsáveis não só pela oleosidade natural do cabelo, como também pela proteção capilar.
  • Os derivados de petróleo*2 (que podem estar presentes em champôs, amaciadores, máscaras e cremes de pentear), formam uma película à volta dos fios, deixando o cabelo temporariamente mais brilhante pois impedem que os mesmos desidratem. No entanto, ao formar esta película os derivados de petróleo também impedem que o cabelo receba hidratação, impedindo a eficiência de outros componentes benéficos (vitaminas, etc.) aplicados no cabelo. Adicionalmente, os derivados de petróleo apenas são removidos dos fios de cabelo com sulfatos agressivos, que além de não hidratarem propriamente o cabelo, condicionam a utilização de sulfatos (que ressecam e danificam o cabelo) para remover os derivados de petróleo a cada lavagem.

O que é o Low Poo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Voltar ao topo